Seja Muito Bem Vindo(a)...

As pessoas tem o direito de não gostar do meu jeito,mas às vezes gostam tanto q levam um pouco dele c/elas.
O meu amor eu guardo p/os mais especiais.Ñ sigo todas as regras e às vezes ajo por impulso..
Erro;admito.Aprendo;ensino...Todos erram um dia:por descuido,inocência ou maldade.
As pessoas julgam,eu julgo.
Ñ
sou qualquer uma,tenho meus limites e respeito meus sentimentos.
Mudo d opinião, mas ñ d princípios.A felicidade é meu limite,meu paraíso sou eu qm faço!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Pudim




Ñ há nada q m deixe mais frustrada do q pedir Pudim d sobremesa,contar os mins até ele chegar e aí ver o garçom colocar na minha frente um pedacinho minúsculo do meu pudim preferido. Um só!!!
Qto mais sofisticado o restaurante,menor a porção da sobremesa.Aí a vontade q dá é d passar numa loja d conveniência,comprar um pudim bem cremoso e saborear em ksa c/direito a repetir qntas vezes a gente quiser,sem pensar em calorias,boas maneiras ou moderação. 
O PUDIM é só um exemplo do q tem sido nosso cotidiano.A vida anda xeia d meias porções,d prazeres meia-boca,d aventuras pela metade.A gente sai pra jantar,mas come pouco.Vai à festa de casamento,"mas" resiste aos bombons.Conkista a chamada liberdade sexual,mas tem q fingir q é difícil(a imensa maioria das mulheres continua c/pavor d ser rotulada d 'fácil').
Adora tomar um banho demorado,mas se contém pra ñ desperdiçar os recursos do planeta. 
Qr bjar akele cara20anos mais novo,mas tem medo d fazer papel ridícula!!!!!. 
Tem vontade d fikar em casa vendo um DVD,esparramada no sofá,mas se obriga a ir malhar.E por aí vai.Tantos deveres,tanta preocupação em 'acertar',tanto empenho em passar na vida sem pegar recuperação.Aí a vida vai ficando sem tempero,politicamente correta e existencialmente sem-graça,enqnto a gente vai ficando melancolicamente sem tesão...
Às vezes dá vontade d fazer tudo'errado'.Deixar d lado a régua,o compasso, a bússola, a balança e os10mandamentos.Ser ridícula,inadequada,incoerente e ñ estar nem aí pro q dizem e o q pensam a nosso respeito.Recusar prazeres incompletos e meias porções.
Até Santo Agostinho,q foi santo,uma vez se rebelou e disse uma frase mais ou menos assim:'Deus,dai-me continência e castidade, mas ñ agora'.Nós,q ñ aspiramos à santidade e estamos aki d passagem,podemos(devemos?)desejar vários pedaços d pudim,bombons d mtos sabores,vários bjos bem dados,a água batendo sem pressa no corpo,o coração saciado. 
Um dia a gente cria juízo.Um dia.Ñ tem q ser agora.Por isso,garçom,por favor,m traga:Um pudim inteiro um sofá pra eu ver10episódios do'Law and Order',uma caixa d trufas bem macias e o Richard Gere,embrulhado pra presente OK?Ñ necessariamente nessa ordem.Depois a gente vê como é q faz pra consertar o estrago...

Autor(a)Martha Medeiros

Obs: Amei todos os coment's d todas as postagens necessito dessa troca d palavras entre nós...

6 comentários:

Lici disse...

Adorei esse post.
O que é bom é pra ser degustado, vivido, experimentado!!!
Saudades de vc querida!!
bjs, bom findi!

Beta disse...

Adoreiiiiii
detalhes ... é o q fz a vida unica !
beijo

Ricardo Calmon disse...

Holla ecletica minina Janinha,realmente, meu fim de,bombou,merci pelos votos,por favor não suma,afinal és um girassol e em campos meus,a interatividade do viver habita e aflora!
bzuz girassolicos em mãos tuas

viva la vie

Luci Cardinelli disse...

Ah vai dar briga viu? O Richard Gere já é meu hehehehe

Também acho qu etem regras demais na vida e eu adoro quebrá-las, quero ser feliz!

beijos e ótimo final de semana

MANUPINK disse...

OIZINHO!!!! VC SEMPRE SERÁ BEM VINDA AO MANUPINK, ADOREI SUA VISITINHA!
q dilicia d pudim!!!!!!!!!!!!

Victor Zanata (Exilados do Paraíso) disse...

Olá, obrigado pela sua visita, e que site mais legal você tem aqui.
Estou te seguindo tembém.
Beijo